Acesso rápido

Você está em: Home  >  Notícias
Versão para impressão Aumentar o contraste Aumentar a fonte Diminuir a fonte Tamanho do texto
Notícias
18/04/2011
Ferrous lança Programa Conviver em São Francisco de Itabapoana

O lançamento do Programa Conviver – Alfabetização de Jovens e Adultos levou ao Praia Clube Guaxindiba, em São Francisco do Itabapoana, mais de 350 pessoas, entre poder público, educadores, educandos e familiares. O evento marcou o início do programa realizado pela Ferrous em parceria com a Prefeitura e o Instituto Paulo Freire (IPF), cujo objetivo é alfabetizar parte da população para ampliar o acesso às oportunidades de emprego que serão geradas a partir da chegada do Terminal Portuário da empresa na região. Ao oferecer capacitação à comunidade local, a Ferrous pretende minimizar a necessidade de busca de mão de obra em outras regiões.

 

Segundo a gerente de Comunicação e Responsabilidade Social da Ferrous, Mariana Rosa, a chegada da empresa provocará transformações econômicas, sociais e ambientais nas localidades onde pretende atuar. “Dessa forma, acreditamos que a Ferrous tem que somar esforços com o poder público local e a sociedade e esse primeiro projeto é um indicativo da maneira como a empresa pretende se instalar na região, de forma respeitosa e dialógica, próxima da população”, ressaltou.

 

Diretor do Instituto Paulo Freire, o professor Paulo Roberto Padilha contou ao público presente que o programa respeitará o educando, oferecendo conteúdo vinculado à realidade, horários de aula adequados e espaço de alfabetização próximo ao local de vida do aluno. “A metodologia promoverá a participação ativa e crítica do educando, envolvendo-o na construção do saber”, explicou. O evento foi finalizado com a apresentação do coral de educadores de São Francisco de Itabapoana e do Instituto Paulo Freire.

 

O Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos é apenas uma das iniciativas de uma série voltada à qualificação profissional que a Ferrous vem discutindo com o Senai/RJ. O processo de alfabetização terá duração de oito meses, com turmas de até dez alunos na zona rural e de 15 na zona urbana. A meta da empresa é alfabetizar 400 pessoas no município somente este ano. Ainda neste semestre, o programa também será inaugurado na cidade de Presidente Kennedy (ES).

 

Imagens